sexta-feira, 17 de novembro de 2006

"Ninguém é dono da sua felicidade, por isso não entregue sua alegria, sua paz, sua vida nas mãos de ninguém, absolutamente ninguém. Somos livres, não pertencemos a ninguém e não podemos querer ser donos dos desejos, da vontade ou dos sonhos de quem quer que seja.
Se você anda repetindo muito "você é a razão da minha vida", cuide-se. Remova essas palavras e, principalmente, a ação dessas palavras da sua vida, pois fazem muito mal ao seu "eu" interior. A razão da sua vida é você mesmo. A sua paz interior é a sua meta de vida, quando sentires um vazio na alma, quando acreditares que ainda está faltando algo, mesmo tendo muito, remete seu pensamentopara os seus desejos mais íntimos e busque a divindade que existe em você.
Pare de colocar sua felicidade cada dia mais distante de você. Não coloque objetivos longes demais de suas mãos, abrace os queestão ao seu alcance hoje.
Sorrir significa aprovar, aceitar, felicitar. Então abra um sorriso para aprovar o mundo que te quer oferecer o melhor.Com um sorriso no rosto, as pessoas terão as melhores impressões de você, e você estará afirmando para você mesmo que está para ser feliz.
Trabalhe, trabalhe muito a seu favor. Pare de exigir das pessoasaquilo que nem você conquistou ainda. Critique menos, trabalhe mais.E, não se esqueça nunca, de agradecer.
Agradeça tudo que está em sua vida nesse momento, inclusive a dor.Nossa compreensão do universo ainda é muito pequena para julgar o que quer que seja.
Por fim, acredite que não estamos sozinhos um instante sequer.Você pode, através de uma oração simples e de coração, buscar aquele que é maior que quaisquer problemas.
Pense nisso, não se destrua por falta, se erga na falta, mostre a cada um a cor do seu sorriso!"
Revolução da Alma

2 comentários:

  1. (Aristóteles, 'Revolução da Alma' no ano 360 aC., e é eterno.)

    ResponderExcluir